Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘leite artificial’

4323

Extraído do livro Mi Niño No Me Come, do pediatra Dr. Carlos González

O leite de seguimento é uma invenção comercial com pouca utilidade prática. Nos Estados Unidos, a Academia Americana de Pediatria recomenda dar aos bebês que não são amamentados o mesmo leite durante todo o primeiro ano. A OMS também diz que o leites de continuação são desnecessários.

Por quê se inventaram então? Muito simples. A lei proíbe em muitos países (inclusive España) fazer propaganda do leite de partida. Mas a maioria, infelizmente, não proíbe a propaganda do leite de seguimento. Assim que para os fabricantes o ideal é disponibilizar dois leites com o mesmo nome, que só se diferenciem pelo numerozinho. Existe alguém tão inocente para acreditar que a propaganda de Badmilk 2 não faz aumentar as vendas de Badmilk 1?

A principal utilidade dos leites de continuação, segundo a ESPGAN (Sociedade Européia de Nutrição e Gastroenterologia Pediátrica), é que são mais baratos. Como o leite artificial é caro, as mães com menos recursos que dão mamadeira poden sentir-se tentadas a introduzir antes de um ano o leite integral de vaca, que não seria muito conveniente. Um leite que, sem ser tão adaptado às necessidades do bebê como o de partida, saísse mais barato poderia ser útil.

Sem ser tão adaptado? Exato. O leite de vaca tem um excesso de proteínas, mas que o triplo que o leite materno. Este é um dos seus maiores perigos, um bebê não pode metabolizar uma quantidade tão grande de proteínas e pode adoecer gravemente. A fabricação do leite artificial consta de vários passos, um dos quais é eliminar a maior parte das proteínas. Não é fácil eliminar proteínas do leite. Se não é preciso eliminar tanto, é mais fácil de fabricar e portanto, mais barato.

Não é que o leite de seguimento seja melhor para os bebês maiores. É pior que o leite de partida, porque está menos adaptado. Mas os bebês maiores tem capacidade suficiente para metabolizá-lo e podem tolerá-lo. Naturalmente, a publicidade da indústria láctea tenta vender o leite de seguimento como “enriquecido em proteínas para cobrir as necessidades do seu filho”.

Que idiotice! As necessidades de proteína dos bebês diminuem à medida que crescem, de mais de 2g por kilo de peso e dia ao nascer até 0,89 entre os seis e nove meses e 0,82 entre os nove e os doze. Um bebê de 8 kg precisa de 7,12 g de proteínas ao dia, que pode conseguir com 790 ml de leite materno (uma quantidade razoável), ou com 550 ml de leite de partida (o leite de partida sempre tem um pouco mais de proteína que o leite materno para tentar compensar sua má qualidade). O mesmo bebê, tomando 500 ml de leite de seguimento, receberia 11 g de proteínas, muito mais do que necessita…e isso sem contar as proteínas dos cereais ou do frango que possa comer.

Não se deixe enganar pela publicidade, o excesso de proteínas do leite de continuação não é nenhuma vantagem para o seu filho, mas sim um lixo industrial.

Os bebês que mamam no peito continuam com o peito. A Academia Americana de Pediatria recomenda dar o peito, no mínimo por um ano e depois “até que a mãe e o filho queiram”. A OMS e a UNICEF recomendam dar o peito “dois anos ou mais”.

Naturalmente, se por qualquer motivo você quer desmamar o seu filho antes de um ano, terá que dar outro leite. É sua decisão. Mas não permita que outras pessoas decidam por você. Ninguém diz a uma mãe que dá mamadeira: “Esse leite já não alimenta, a partir de agora é melhor dar leite materno”. É natural imaginar que uma mãe que decida dar mamadeira, continuará fazendo durante anos. A mãe que dá o peito tem direito ao mesmo respeito.

Read Full Post »

Sempre na correria de sexta-feira. Afinal hoje é meu dia de reunião na Matrice.

Nicole Kidman diz que engravidou com ajuda das “águas da fertilidade”“Nunca pensei que ficaria grávida e daria à luz um bebê, mas isso aconteceu”, disse a atriz à revista “The Australian Women’s Weekly”.Nicole Kidman assegurou que outras seis mulheres ficaram grávidas após nadarem nas águas da região, que ela já batizou como “as águas da fertilidade”. As seis faziam parte, junto com a atriz, da equipe de filmagem de “Australia”, um romance épico dirigido por seu compatriota Baath Luhrmann. Sete bebês “Sete crianças foram concebidas durante as filmagens e só uma deles é menino. Há algo especial nas águas de Kununurra, porque todas nadamos em suas cascatas. A partir de agora, podemos chamá-las de águas da fertilidade”, disse a atriz. A notinha na íntegra deu aqui

O LEITE CHINES ADULTERADO

Há alguns dias na China crianças foram contamindas com leite em pó adulterado. Este leite contém Melamina. Na Matrice estamos divulgando amplamente. O número de crianças chinesas que consumiram o leite adulterado só cresce. Dia 22 de Setembro estimavá-se que 13 mil crianças tomaram o leite adulterado. Destas crianças 104 estão em estado muito grave. Já houve 4 mortes confirmadas. A maior parte destas vítimas tem até 02 anos de idade! A Nestle garante que seu leite não esta contaminado. Bom… esta é a prova viva que leite em pó não é seguro! Leia a noticia na íntegra

AMANHA TEM CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS

Read Full Post »

Sabemos que o grande crescimento do percentual de amamentação não é bem visto pelas empresas de fórmulas e alimentação infantil. Pois a cada bebê que mama é menos uma lata que será vendida.
Lógico que este crescimento não é bem visto por esta industria.


Como eles contratacam? patrocinando o congresso de pediatria em Natal. Veja:

Seu pediatra vai ao congresso?

Natal sediará 65º Curso Nestlé

21/09/2008 – Tribuna do Norte

Natal sediará o 65º Curso Nestlé de Atualização em Pediatria, entre o dias 24 e 28 de setembro. Este é o segundo maior evento da pediatria brasileira e anualmente é realizado. O Centro de Convenções de Natal foi o local escolhido para os dias de atividades que pretendem reunir cerca de 3,5 mil médicos pediatras e estudantes do sexto ano de medicina de todos os estados brasileiros. O curso surgiu da parceria entre a Nestlé e a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP). Esta edição do evento conta ainda com a parceria da Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Norte e da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

De acordo com Guilherme Mariz Maia, presidente do Departamento de Gastropediatria da Sociedade Brasileira de Pediatria, o objetivo principal do curso é de atualizar os médicos desta área. Alimentação Infantil é o foco do curso que está dividido em 44 temas dispostos em 14 mesas-redondas, seguidas de colóquios. Cerca de 60 professores das mais importantes escolas de medicina de todo o país ministrarão as palestras. A programação dos quatro dias foi elaborada pela Sociedade Brasileira de pediatria com apoio científico da Sociedade de Pediatria do RN (SOPERN) e da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Evento

O curso é realizado num único auditório, com a intenção de promover a integração dos participantes. O médico Guilherme Maia ressalta ainda a importância da presença dos estudantes pelo segundo ano consecutivo no evento. “A carência de médico pediatra é no Brasil todo. Não está havendo formação. A idéia de abrir o curso para os médicos em formação é um incentivo para ele gostar da pediatria e tentar fazer residência na especialidade de pediatria”, conclui.

Especialistas das áreas de nutrologia, gastroenterologia, neonatologia, infectologia, e outras, discutirão temas como: a importância da alimentação nos primeiros anos de vida e a prevenção de doenças no adulto; obesidade – implicações em curto, médio e longo prazo; alimentação saudável nas diversas faixas etárias; baixa estatura – diagnóstico e tratamento; aleitamento materno em situações especiais; qualidade de vida da criança: licença maternidade de seis meses; causas de diarréia crônica: alergia alimentar; choro excessivo e cólicas em lactentes; constipação crônica: abordagem e acompanhamento.

Programação científica:

Quarta-feira
das 14hs às 14h15 – Lançamento dos Manuais do Depto Científico de Nutrologia com os temas Alimentação e Obesidade
das 14h15 às 14h45 – Palestra: A importância da alimentação nos primeiros anos de vida e a prevenção de doenças no adulto
das 14h45às 15h15 – Palestra: Obesidade – implicações em curto e longo prazo
das 15h15 às 15h45 – Colóquio
20h – Solenidade de Abertura

Quinta-feira
das 08h às 09h – Mesa-Redonda: Alimentação saudável nas diversas faixas etárias:
das 09h às 10h – Colóquio
das 10h15 às 11h15 – Mesa-Redonda: Diretrizes da SBP
das 11h15 às 12h15 – Colóquio
das 14h às 15h – Mesa-Redonda: Aleitamento materno em situações especiais
das 15h às 16h – Colóquio
das 16h15 às 17h15 – Mesa-Redonda: Como conduzir e quando encaminhar ao
especialista?
das 17h15 às 18h15 – Colóquio

Sexta-feira
das 08h às 09h – Mesa-Redonda: Qualidade de vida da criança
das 09h às 10h – Colóquio
das 10h15 às 11h15 – Mesa-Redonda: Segurança da criança e do adolescente
das 11h15 às 12h15 – Colóquio
das 14h às 15h – Mesa-Redonda: Identificação precoce dos problemas mentais na infância e adolescência
das 15h às 16h – Colóquio
das 16h15 às 17h15 – Mesa-Redonda: Suporte nutricional em pediatria
das 17h15 às 18h15 – Colóquio

Sábado
das 08h00 às 09h00 – Mesa-Redonda: Causas de diarréia crônica: Recursos diagnósticos e
manejo nutricional das 09h às 10h – Colóquio
das 10h15 às 11h15 – Mesa-Redonda: Abordagem terapêutica
atualizada das 11h15 às 12h15- Colóquio
das 14h às 15h – Mesa-Redonda: Endemias atuais
das 15h às 16h – Colóquio
das 16h15 às 17h15 – Mesa-Redonda: Distúrbios de motilidade do sistema digestório no
consultório pediátrico
das 17h15 às 18h15 – Colóquio

Domingo
das 08h às 09h – Mesa-Redonda: Abordagem da criança em situação de risco
das 09h às 10h – Colóquio
das 10h15 às 11h15 – Mesa-Redonda: Conduzindo no Pronto Socorro
das 11h15 às 12h15- Colóquio.

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: