Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘mulher’

Receitas naturais de beleza, vem de vários lugares do mundo, vou listar alguns interessantes.

Do Brasil: Mistura para banho de laranja

Para recarregar as energias, melhorar o humor ou simplesmente se refrescar, acrescente à água da banheira: 100g de sais de banho de laranja, 10 gotas de óleo essecial de laranja, 1 colher de sopa de mel, pétalas de rosas e rodelas de laranja desidratada.

Da Nova Zelândia: Exfoliante de mel

Para remover as células mortas, faça uma pasta com 2 colheres de sopa de mel, 2 colheres de sopa de aveia em flocos finos, 1 1/2 colheres de chá de fubá e 1/4 de xícara de chá de camomila frio. aplique sbre o rosto com movimentos circulares suaves, enxágue com água morna e seque delicadamente.
Do Israel: Máscara Reequilibrante

faá uma pasta com 2 colheres de café de argila verde e um pouco de água. Aplique na face limpa e deixe agir por 20 minutos. Remova com bastante água. Essa máscara serve tant para hidratar como para remover excesso de brilho do rosto.

Da Grécia: Hidratante corporal

Para deixar a região do colo macia e brilhante, misture 1/2 pote de iogurte natural, 1 colher de sopa de mel e outra de aveia em flocos finos. Aplique com um pincel e deixe por 20 minutos. Remova com algodão ou pano úmidos.

Da Índia: Fortificante Capilar

Misture 2 colheres de sopa de óleo de coco, 1 colher de sopa de mel. Em seguida, aplique no couro cabeludo com movimentos circulares e deixe agindopor 15 minutos. Lave em seguida. Isso dará brilho e reduzirá a oleosidade capilar.

bjos, Vir

Read Full Post »

Prazer pela metade

“Não há nada que me deixe mais frustrada do que pedir sorvete de sobremesa, contar os minutos até ele chegar e aí ver o garçom colocar na minha frente uma bolinha minúscula do meu sorvete preferido – uma só. Quanto mais sofisticado o restaurante, menor a porção da sobremesa. Aí a vontade que dá é de passar numa loja de conveniência, comprar um litro de sorvete bem cremoso e saborear em casa com direito a repetir quantas vezes a gente quiser, sem pensar em calorias, boas maneiras ou moderação.

O sorvete é só um exemplo do que tem sido nosso cotidiano. A vida anda cheia de meias porções, de prazeres meia-boca, de aventuras pela metade. A gente sai pra jantar, mas come pouco. Vai à festa de casamento, mas resiste aos bombons. Conquista a chamada liberdade sexual, mas tem que fingir que é difícil (a imensa maioria das mulheres con tinua com pavor de ser rotulada de ‘fácil’). Adora tomar um banho demorado, mas se contém pra não desperdiçar os recursos do planeta. Quer beijar aquele cara 20 anos mais novo, mas tem medo de fazer papel ridículo. Tem vontade de ficar em casa vendo um DVD, esparramada no sofá, mas se obriga a ir malhar. E por aí vai.

Tantos deveres, tanta preocupação em ‘acertar’, tanto empenho em passar na vida sem pegar recuperação… Aí a vida vai ficando sem tempero, politicamente correta e existencialmente sem-graça, enquanto a gente vai ficando melancolicamente sem tesão. Às vezes, dá vontade de fazer tudo ‘errado’ – deixar de lado a régua, o compasso, a bússola, a balança e os 10 mandamentos. Ser ridícula, inadequada, incoerente e não estar nem aí pro que dizem e o que pensam a nosso respeito. Recusar prazeres incompletos e meias porções.

Até Santo Agostinho, que foi santo, uma vez se rebelou e disse uma frase mais ou menos assim: ‘Deus, dai-me continência e castidade, mas não agora’. Nós, que não aspiramos à santidade e estamos aqui de passagem, podemos (devemos?) desejar várias bolas de sorvete, bombons de muitos sabores, vários beijos bem dados, a água batendo sem pressa no corpo, o coração saciado. Um dia a gente cria juízo. Um dia. Não tem que ser agora. Por isso, garçom, por favor, me traga: cinco bolas de sorvete de coco, um sofá pra eu ver 10 episódios do ‘Law and Order’, uma caixa de trufas bem macias e o Clive Owen embrulhado pra presente – não necessariamente nessa ordem. Depois a gente vê como é que faz pra consertar o estrago.”

Leila Ferreira

Read Full Post »

“Os raios de sol tocando a janela, o canto dos pássaros e o cheiro gostoso de café fresquinho avisam que está na hora de acordar. Mas os poucos momentos que passamos na cama antes de levantar são essenciais para garantir bem estar ao longo do dia. Aproveite esse tempinho para promover uma espécie de ritual do despertar. Aqui vão algumas dicas para você começar o dia com ânimo e disposição:

1. troque o som do despertador por um CD de músicas suave.
2. faça uma prece agradecendo por mais essa manhã e aproveite para mais essa por mais essa manhã e aproveite para pedir proteção para você e todos a quem ama.
3. Espreguise-se devargarinho, alongando os músculos, esticando pernas e braços e fazendo movimentos circulares com a cabeça.
4. Sinta a circulação em cada parte do corpo.
5. Evite levantar bruscamente para não forçar sua coluna. Vire-se primeiro de lado, com os joelhos semiflexionados. Apóie o cotovelo no colchão e erga o tronco suavemente. Só então pise no chão.
6. Uma boa ducha vai ajudar a espantar o sono. Para completar, vista uma roupa alegre e colorida.”

Fonte: Estilo Natural

bjos, Vir

Read Full Post »

Para o Aurélio o significado de ser mãe é:

mãe [Do lat. mater, ‘mãe’.] Substantivo feminino. 1.Mulher, ou qualquer fêmea, que deu à luz um ou mais filhos. 2.Pessoa muito boa, dedicada, desvelada:

Mas nós maternas sabemos que ser mãe é muito mais que tudo isso. Sabemos que a maternidade traz muitas transformações. Não importa por qual caminho da maternidade vc vai se encantar, seja pelo parto, seja pela amamentação, seja pela alimentação, seja pela forma de carregar ou pela maneira gentil que você trata esse seu bebê.

Essa mulher se transformou mais consciente, mais humana e até mais ativa e até com mais perseverança.

A cena da Maurren Magie ganhando a medalha de ouro em uma Olimpíada é a mostra que esta mulher pode ainda ficar melhor depois da maternidade. Outra mostra disso é a candidata a vice Presidente dos EUA do partido conservador, que é mãe de 05 filhos e está prestes a se tornar avó, são . Podemos até não partilhar da mesma filosofia política, mas com certeza, como disse a Ana Cris, partilhamos das mesmas angústias e alegrias diárias.

Imagino, hoje, que esta mulher quando se torna mãe ela atinge o seu melhor. E quando esta mãe participa desta maternidade de forma ativa, seja no seu parto ativo, na amamentação, na alimentação fazendo suas escolhas sempre de maneira fundamentada acredito que ela poderá surpreender ainda muito mais. Quantas de nós já nos superamos?

Minha mãe sempre me dizia que ter filhos era o final da vida de qualquer mulher. Vivo dizendo para a Paola , minha filha, que ter filhos é apenas o início do seu grande renascimento ou de sua grande invenção.

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: